Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

...e assim...

Apetece-me esquecer os nossos passados. Pensar que quando nascemos, já estavamos destinados um ao outro. Desejar que nunca tivéssemos sentido este amor tão alto, que nunca tivessemos jurado nada a ninguém e que nunca tivessemos ido além do que o compromisso do corpo.

Não sendo possivel, agora somos um do outro. Os corpos, os corações e sobretudo as almas.

Se calhar o passado nunca existiu. Se calhar sempre estivemos à espera um do outro, porque sempre te senti aqui...

...e assim...

...tanto, tanto que dói....

sinto-me:

apeteceu a sofia às 09:49
link do post | favorito
De tudoanorte a 7 de Julho de 2008 às 16:10
Gostei , não conhecia o blog , mas como também a mim ás vezes apetece-me fica nos meus favoritos


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.soltas

. todas as tags

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.em destaque

. Um homem do NORTE

RSS